sábado, 27 de abril de 2013

Polícia prende três suspeitos de matar dentista em São Bernardo

              

    Dirceu Ayres

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou, neste sábado, a prisão de três suspeitos de envolvimento na morte da dentista Cinthya de Souza, de 47 anos. Ela foi queimada viva durante um assalto ao seu consultório na cidade São Bernardo do Campo, no ABC paulista, na última quinta-feira. Conforme informações do jornal SP TV, da Rede Globo, os suspeitos foram detidos por volta das 3 horas nas imediações da favela São Jorge, em Diadema, e encaminhados ao Departamento de Homicídio e de Proteção à Pessoa (DHPP) da capital paulista. Um dos suspeitos, segundo a polícia, é Jonatas Cassiano Araújo, de 21 anos, que já havia sido identificado pelas câmeras de segurança de uma loja de conveniência. Os outros dois possíveis envolvidos na ação não tiveram seus nomes divulgados. O delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Luiz Mauricio Souza Blazeck, disse, em entrevista na sexta-feira, que as investigações apontam que o grupo cometeu mais dois assaltos similares nos últimos meses, também em consultórios odontológicos. A arma e o carro utilizados nos assaltos, bem como as descrições dos suspeitos, são semelhantes nos três casos. Um deles ocorreu em outubro do ano passado, e o outro, em 18 de abril. “São elementos perigosos, que não podem permanecer soltos. Eles agem com violência costumeira. Não colocaram fogo nos outros casos, mas já ameaçaram”, afirmou Blazeck, segundo quem os criminosos usaram “tortura psicológica” com outras vítimas. Crime: Os suspeitos invadiram a clínica odontológica de Cinthya na quinta-feira, por volta de 12h30. Quatro pessoas teriam participado do crime. Três membros do grupo tocaram a companhia e um deles chegou a se passar por um paciente interessado em marcar uma consulta. A polícia desconfia que outro suspeito ficou aguardando no carro que transportou o grupo. A paciente que estava com a dentista foi encapuzada e teve os pertences, dinheiro e celular roubados. Como Cinthya não tinha dinheiro no local, os criminosos pegaram seu cartão do banco e a senha. Um dos criminosos ficou no consultório, enquanto outros dois — entre eles, estaria Jonathan Araújo — foram até um caixa eletrônico numa loja de conveniência próxima. Ao efetuarem o saque, os dois constataram que só havia 30 reais na conta. De acordo com a polícia, os criminosos ficaram furiosos com o resultado do assalto. Eles voltaram até a clínica e, numa ação bárbara, atearam fogo na dentista. Em seguida, o trio fugiu. A paciente encapuzada afirmou que ouviu Cinthya pedir por socorro. Ela ainda tentou apagar o fogo, mas Cinthya morreu em menos de três minutos. O corpo da dentista foi enterrado no Cemitério da Vila Euclides, em São Bernardo do Campo. Por Reinaldo Azevedo.
MORTA POR BANDIDOS

Dentista foi morta queimada por ladrões. Isso não é tortura?

              
     Dirceu Ayres

Se não me engano, houve um plebiscito no Brasil, há alguns anos atrás, onde era por votação popular a criação de uma lei para desarmar a população. O resultado foi que a população, aquela do governo do povo, pelo povo, para o povo. Votou contra o desarmamento. E mesmo assim, e desrespeitando a vontade popular, os politicamente corretos, e os hipócritas dos direitos dus manos atrelados ao governo vagabundo que esta no poder manobraram e conseguiram desarmar o povo. Bem, em primeiro lugar, uma população desarmada é uma nação ajoelhada diante dos interesses mais obscuros de governantes vagabundos e bandidos ideológicos. E em segundo lugar, a vagabundagem tá deitando e rolando para cima dos cidadãos na certeza de que poderão tocar o terror sem o risco de uma reação armada que mande os felasdapota para a casa do caraleo. Ideologicamente estão conseguindo fazer com que parte da população "ovina" da pocilga morra nas mãos de vagabundos de qualquer idade. O caso da dentista Cinthya é mais uma afronta contra a sociedade, contra o ser humano, e contra o estado de direito. Os vagabundos entraram em seu consultório, fizeram-na refém e com seu cartão bancário foram sacar dinheiro em caixas eletrônicos. Quando perceberam que a grana era pouca, voltaram e atearam fogo à vítima. Bem, se cárcere privado, agressões físicas e psicológicas, além do homicídio não forem formas de tortura, não sei mais o que é tortura nesta pocilga. E por onde andam os filhos de uma puta do movimento "tortura nunca mais" e aquela "senhora" de poucas recomendações do Direitos humanos? Criam comissões da verdade para investigar abusos cometidos na época da ditadura militar, criam comissões de direitos humanos, criam o cacete a quatro na base do politicamente correto, e na hora que um crime tão bárbaro quanto este da dentista acontece, ninguém dos hipócritas e sacripantas dos direitos dus manus abre a boca para protestar. Mas, caso no consultório houvesse uma arma e a dentista reagisse e matasse os vagabundos em nome da defesa pessoal, certamente teríamos um levante de idiotas pedindo a cabeça da moça. E mais certamente ainda haveria algum delegado de polícia meia boca, ávido em meter a moça no papel e enfiar nela uns homicídios dolosos. Ou... uma graninha por fora e passaria a culposo. Este é o Brasil da malemolência, da malandragem, da festividade e da alegria. O Brasil do povo frouxo que morre nas mãos de tudo que é nível de vagabundos, que vão desde os engravatados de Brasília que matam pela corrupção e pela roubalheira, até os cracolentos que matam por uma mísera pedra de droga. Mas, coitada da dentista, ela vai perder o mundial de futebol dirão alguns mentecaptos. Em SP. O estado onde o nível de criminalidade vinha caindo a olhos vistos, do nada, e eleitoralmente, começaram a explodir. Eu tenho a mais absoluta certeza de que essa insegurança em SP, é fruto de um acordo do PT com o PCC para em 2014, nas próximas eleições, os Ratos Vermelhos tenham munição suficiente para levar o governo do estado.  Só que enquanto esse tipo de atitude fizer parte do vale tudo pelo poder, a população vai morrendo como moscas em nome de um projeto ideológico de CÚbanizar a pocilga para poderem roubar sem receio de um levante popular. Afinal, o PT chegou ao poder apenas para roubar o país. Não precisavam chegar a tanto. O povo Brasuca é covarde jamais se levantará contra quem quer que seja, desde que não seja futebol. Meus sentimentos à família da dentista morta, e o mais indignado grito de justiça contra esses pulhas que matam por prazer, por política, ou pura perversão. PENA DE MORTE E PORTE DE ARMAS JÁ!!! E PHOD@-SE!!! (O Mascate)

REPORTAGEM-BOMBA DA REVISTA VEJA DENUNCIA ATAQUE DO PT À JUSTIÇA



    Dirceu Ayres

A reportagem-bomba da revista Veja que chega às bancas neste sábado trará os detalhes do ataque à Justiça perpetrado pelo PT na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal. Em forma de Projeto de Emenda Constitucional -PEC, o partido do Lula, do Zé Dirceu, da Dilma, do Genoíno e de todos os mensaleiros pretende submeter decisões do Supremo ao crivo do Congresso, ou seja, do PT e de sua base aliada. O objetivo de curto de prazo dos petistas é tentar livrar os mensaleiros da cadeia. De longo prazo, é estabelecer uma ditadura vazada nos postulados do "socialismo do século XXI", nos moldes da Venezuela onde todas as instâncias do Estado já estão em mãos dos bolivarianos, leia-se comunistas. É que quando se fala em comunismo os petistas tentam fazer piadas e chacotas, afirmando que o comunismo acabou, o que é uma deslavada mentira. Os vagabundos podem enganar os incautos, mas não este velho de guerra aqui do blog que tem mais de 40 anos de jornalismo e conhece como poucos esses velhacos. Muitos deles jornalistas ocupando posição em áreas de comunicação de empresas, governos e entidades civis e, como não poderia deixar de ser, já controlam as redações de jornais. Com exceção da revista Veja, a grande mídia brasileira é bolivariana desde criancinha. Seus jornalistas são todos fiéis seguidores da cartilha comunista do PT, e babam a baba da estupidez consagrando o pensamento politicamente correto e mentindo todos os dias, distorcendo as informações. Além disso, são extremamente incompetentes e, rigorosamente, analfabetos funcionais que só sabem bradar palavras de ordem decoradas de panfletos do PT. A sorte, por enquanto, é que a revista Veja continua trazendo as informações fundamentais e verdadeiras. Quando falam em "controle da mídia"estão preocupados apenas em estabelecer a censura à imprensa para tentar calar a revista Veja. Esta é que é a verdade dos fatos, já que Veja não tem nenhum concorrente. As demais revistas semanais, além de serem mal feitas e mal escritas, não conseguem emplacar porque lhes falta a credibilidade e compromisso com o jornalismo focado nos fatos e não em delírios ideológicos a serviço da canalha petista. Portanto, vale a pena ler a reportagem de Veja que, como sempre, trará a verdade dos fatos. A começar pela capa que expressa exatamente o que está acontecendo. Ou seja, os fatos. VEJA.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

COMO INICIOU A MEDICINA

                 


          Dirceu Ayres

Cientistas que inventaram Máquinas e descobriram doenças. Já vai longe o tempo em que os homens estudavam e tentavam descobrir e curar as doenças que os outros padeciam, usavam ervas feitiçaria, rezas, oblações e até OFERENDAS aos DEUSES, para que seu semelhante ficasse curado. Data de mais ou menos, 2600 a.C. Que Pelo menos a Asma foi descrita em um livro Médico. A Teoria do Interior do Corpo, conhecido como Nei ching considerado o Livro mais Antigo de Medicina Interna. Escrito por Huang-ti, ”O Imperador Amarelo.” Nesta Publicação é citada a planta Ma huang, da qual a efredina passou a ser extraída no início do século XX. 1550 a.C. - Os papiros de EBERS, descobertos em Tébas no ano de 1870 pelo Egiptólogo Alemão GEORGE MORITZ (1837-1898) Constituem o mais antigo compêndio Médico conhecido do Egito Antigo. Asma é uma palavra Grega que significa ofegante, dificuldade de respiração. Foi utilizada pela primeira vez por HOMERO, na Ilíada, um dos Épicos da Grécia Antiga, quando narra o último ano da legendária guerra entre os Gregos e os habitantes de TRÓIA. O termo também foi usado pelo poeta PÍNDARO (522-525)a.C. e por AESCHYLUS (525-456 a.C.) Também foi usada pelo Filósofo PLATÃO 427-347 a.C. Quando HIPÓCRATES (460-370 a.C.) que afastou da Medicina os constrangimentos da especulação filosófica e a superstição, introduzindo seus princípios éticos e científicos, distinguindo a Medicina como uma ciência e uma profissão de grande dignidade, descreveu a Asma como um ataque paroxístico, mais severo do que uma simples dispneia. Quando da destruição da Grécia antiga pelos Romanos, ASCLEPÍADES de BITHYNIA e GALENO tornaram-se os Maiores Médicos de Roma, sendo que ASCLEPÍADES foi o primeiro a destinguir o caráter agudo e Crônico dessas doenças.
Coube a GALENO e ARETÁCUS da CAPADÓCIA, (Ambos Médicos) também radicado em Roma a observação de que a Asma era mais freqüente no Inverno do que no verão, também que ocorria mais durante a noite. Também na Idade Média, AVICENA Médico Persa, Escreveu the Canon of medicine onde descreve a utilização de plantas aromáticas para o tratamento da Asma. A primeira descrição da Asma como uma entidade nosológica é frequentemente atribuída a MAIMONIDES MOSES BEM MAMON um Filósofo e Rabino (1135-1204) Judeu especialista no TALMUDE que estudava as plantas. No Cairo, tornou-se Médico chefe da Corte de SALADINO (1137- 1193) Admirável escritor, escreveu Livros que abordavam temas como Medicina Preventiva sexo, medicamento e veneno, Hemorróidas etc. Escreveu um livro com o título de tratado de asma. Também foi fundada no século XII A Scuola Medica Salternitana, uma escola Médica de muito respeito e famosa na Idade média. Os professores, um médico Grego, um Hebreu, um Latino e um Sarraceno que ensinavam cada um em seu próprio Idioma (Língua)
JAN BAPTISTA HELMONT (1577-1644), Discípulo de Paracelsus, Químico Belga, Fisiologista e Médico, foi o primeiro Cientista a reconhecer a existência de gases distintos no ar atmosférico. Na verdade inventou a palavra GÁS-Ficou conhecido como o “Pai de Bioquímico.” Também destacou que o sítio da doença ASMA situava-se nos brônquios e que a inalação de poeira desencadeava crise.
THOMAS E. WILLIS (1621-1675) Nasceu em Great Bedwin uma aldeia da Inglaterra. Em 1646 graduou-se em Medicina pela Universidade de Oxford e em 1660 foi para Londres onde exerceu suas atividades Médicas até a morte. Ensinou Filosofia Natural e Medicina na mesma Universidade. Ficou renomado como NEURONATOMISTA, tendo descrito a irrigação arterial cerebral, ficou lembrado pelo “polígono de Willis”. O primeiro a descrever a Febre Tifóide, a notar a presença de açúcar na urina dos diabéticos. Nos anos seguintes, Médicos que sofriam de Asma puderam contribuir com muitas observações.
Em 1698 SIR. JOHN FLOYER (1649-1734) Identificou diversas espécies de Asma, diferenciando a asma contínua da asma convulsiva ou periódica. Observava a reação dos doentes nos lugares com fumaça e ou poeira, achava que a qualidade do ar contribuía para desencadear as crises com ataques de asma.
RENE-THÉOPHILE-HYACINTHE LAËNNEC (1781-1826) Nasceu em Paris França, Tornou-se conhecido entre outras invenções, como o inventor do estetoscópio e outras contribuições, também por ser considerado excelente médico. O estetoscópio foi descrito pela primeira vez em 1819 quando apresentava estudos sobre auscultação tanto de doenças Cardíacas como Pulmonares.
ARMAND TROUSSEAU (1801-1867) Médico famoso, ficou conhecido em sua terra natal Paris pelo diagnóstico da HIPOCALCEMIA (titânia). O Sinal de Trousseau. Contribuiu muito com seus estudos para melhorar essa doença.
Em 1853 O Médico JEAN MARTIN CHARCOT, Neurologista do Hospital Salpétriére de Paris, Junto com o colega CHARLES PHILLIPPE ROBIN descreverem características de cristais encontrados no sangue e Baço de um paciente Leucêmico e no escarro de uma mulher com bronquite.
PAUL ERLICH (1854-1927) Médico, graduado em Leipzig em 1878 Um Patologista e estudioso foi chamado para a equipe do doutor ROBERT KOCH, no Charité Hospital. Identificador de vários tipos de células e manifestações patológicas de várias doenças.
CHARLES ROBERT RICHET Premio Nobel de Medicina e Fisiologia em 1913. Descreveu o fenômeno da “anafilaxia”.
CLEMENTS VON PIRQUET em 1913 cria o termo alergia. Esse Médico Austríaco determinou o estado de Hipersensibilidade causado por exposição a determinados antígenos dito alérgeno.
EDGARD CALVIN KENDALL. Em 1936 a cortisona que antes era conhecida como “composto E”, foi isolada do córtex da suprarrenal sob a forma cristalina. Em 1950 recebeu o Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia. . Anton van Leeuwenhoek. Anton van Leeuwenhoek (Delft, 24 de Outubro de 1632 - Delft, 26 de Agosto de 1723) foi um comerciante de tecidos e cientista de Delft, nos Países Baixos. É conhecido pelas suas contribuições para o melhoramento do microscópio, além de ter contribuído com as suas observações para a biologia celular (descreveu a estrutura celular dos vegetais, chamando as células de "glóbulos"). Utilizando um microscópio feito por si mesmo (possuía a maior colecção de lentes do mundo, cerca de 250 microscópios), foi o primeiro a observar e descrever fibras musculares, bactérias , protozoários e o fluxo de sangue nos capilares sanguíneos de peixes. O microscópio utilizado por Leeuwenhoek, para as suas descobertas, era constituído por uma lente biconvexa, que tinha a capacidade de aumentar a imagem cerca de 200 vezes. Por volta de 1774, o químico francês Antoine de Lavoisier, realizava experiências sobre a combustão e a calcinação de substâncias. Observou que, dessas reações, sempre resultavam óxidos cujo peso era maior que o das substâncias originalmente usadas. Informado sobre as características do gás que ativava a queima de outras substâncias (que mais tarde foi denominado pelo próprio Lavoisier como oxigênio, que quer dizer gerador de ácidos), "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma". (Lavosier)            


Prefeitura de SP fecha acordo com MST para fornecimento de alimentos orgânicos.

        

    Dirceu Ayres

Haddad fecha acordo com o MST para o fornecimento de alimentos organicos para escolas públicas de SP. Só uma coisa me incomoda nesta notícia. Como, se o MST que não é uma entidade registrada na junta comercial. Não possui CNPJ, não recolhe impostos, não é formalizada juridicamente, não possui estatuto. E justamente por isso não pode ser processada judicialmente pelas arruaças e destruições que promove no patrimônio alheio, como irá fornecer alimentos para a prefeitura de São Paulo? Vai ser tudo sem nota no caixa dois, ou irão abrir uma empresa de fachada para que consigam emitir NF sem recolher impostos? E mesmo que tenham uma empresa aberta. Onde está o contrato social da empresa? Quem são os sócios? Onde fica a sede? E, cadê o edital de concorrência onde o MST foi ganhador da licitação? E se o MST abrir uma empresa e formalizar sua situação juridicamente, seus dirigentes poderão ser processados pela baderna que promovem no campo. Um tiro no pé. Votaram no Haddad, e a prefeitura já está virando um penico esquerdofrênico. O MP tem obrigação de acabar com essa bandalheira. Tem coisas que só acontecem no terceiro mundo da Amérdica Latrina. E PHOD@-SE!!! "O Mascate"      


sexta-feira, 19 de abril de 2013

A ERA DAS MÁQUINAS PARA MEDICINA.

               

    Dirceu Ayres

É preciso ter muito cuidado com Médicos que não são realmente aplicados a sua profissão, existe aquele que ou só pensa no dinheiro ou não pensa em se atualizar. Aqui cabe a citação de uma estória de Luiz Barreto, O HOMEM QUE SABIA JAVANEZ. Conta ele (Luiz Barreto)—“que um homem que atendia pelo nome de CASTELO e era muito conhecido em sua cidade, fingia saber JAVANEZ. Dava aula para o Barão de JACUECANGA. Por conta disso, Senhor Castelo participou de vários congressos e até congressos Internacionais e se tornou um DIPLOMATA BRASILEIRO EM CUBA. Na verdade, nunca aprendeu JAVANEZ, Fingia e Fingia bem. E assim foi sempre tocando seu Engodo para frente enganando todo mundo, viveu e muito bem”. Observamos aqui que Quando o Psiquismo ultrapassa a medida do que convencionamos chamar de NORMAL, Não há mais retorno ou arrependimento. Muito embora vejamos na televisão a todo instante, pessoas que se fingem de Médicos para ludibriar a boa fé dos incautos, e até Médico de verdade como o Cirurgião Plástico que se encontra na penitenciária de S. Paulo cumprindo pena, más, existe sempre alguém que está vigilante. Más também estão vendo Médicos que não se dão a respeito, inventando que pó de serra é célula tronco. A comunidade científica tem como filosofia aceitar os instrumentos de diagnóstico que foram validados pelo método científico. Métodos não validados tendem a ser agrupados no conjunto das terapias alternativas. Médicos são e devem ser sempre, uma verdadeira classe de profissionais altamente qualificados e portadores de grande sapiência. E quem ganhará com isso... O povo, a Humanidade, basta que sigam o caminho trilhado pelos bons profissionais, alguns aqui já citados.
Sabemos que existem organizações maravilhosas como a AME, Associação de Médicos Espíritas, em Maceió, no Brasil e até em parte do Mundo. Algumas associações Espíritas que em alguns casos procuram fazer o melhor pelos doentes, ou por quem procura ajuda. Alguns Médicos admitem ou praticam a acupuntura, massagem e outras terapias tidas como não convencionais. Alguns já praticam a Hipnose com fins terapêuticos. Alguns dizem que tudo é sugestão; ora, se a sugestão é e tem sido tão forte, porque não usamos essa ferramenta tão preciosa para curar os que nela acreditam?.(O cuidado seria tão somente procurar profissionais capacitados para não correr o risco de “Mascarar” a doença). Na verdade só encontramos quem saiba blasonar muita idiotice.
Em contra partida, temos a extraordinária estória de um negro sul africano que trabalhou na equipe do Doutor CHRISTIANN BARNARD como Cirurgião, mesmo sendo quase analfabeto e Jardineiro.
HAMILTON NAKI, um Negro sul africano em plena época do racismo e de muito preconceito, um negro que só trouxe o bem para a humanidade. Jamais reclamou da situação miserável em que vivia em um barraco de lona preta, sem banheiro sem conforto e sem sanitário.
É A história de uma alma simples, humilde, sem falsidades sem ambições, sem má vontade ou mesmo por algum tipo de maldade, fazer algo errado e prejudicar a equipe Médica.
Era um homem importantíssimo na equipe do Doutor Christian Barnard, más não mudava seu proceder, continuava humilde, atencioso, muito trabalhador, sendo o membro mais versátil da equipe e o único que cuidava também dos instrumentos cirúrgicos e dos equipamentos ainda achava tempo para dar aulas de cirurgia aos alunos.
Aqui temos a História transcrita da revista THE ECONOMIST:
Páginas de OBTUÁRIOS.
Lendo esta notícia da morte de Hamilton Naki, nas páginas de obituários de um Jornal chegamos a conclusões incríveis de que o ser humano é, e sempre foi capaz de proezas incríveis e inimagináveis. Podemos lembrar-nos de Michael Faraday, autodidata e esforçado garoto que trabalhava encadernando livros e nas horas vagas estudando por conta própria se transformou no Homem que dominou a eletricidade e seus campos magnéticos, eletro-magnético baterias e bobinas, o que permitiu que seus trabalhos, anos depois fossem servir para que os trabalhos de Max Well e Einstein desenvolvessem a Física nuclear.
Homens de Espíritos evoluídos, Pensamento avançados ou viveram fora de sua Época ou um portador de Q.I. Entre 180 a 240 que seria o máximo que o ser humano já conseguiu alcançar usando as atuais maneiras de se medir essa capacidade do intelecto do ser humano. Hoje seria considerado um PARANORMAL diante de feitos tão extraordinários. Realmente do que nós vimos até aqui, podemos aquilatar: Ou era mesmo um espírito muito evoluído, ou um abnegado que veio ao mundo para servir a humanidade. Trabalhava mesmo para o benefício de todos.
É de se observar que hoje em dia, não sei se por causa do advento dos Psicotrópicos que faz com que as pessoas estudadas e inteligentes ao invés de procurar trabalharem, inventar, construir alguma coisa, dizem que estão com depressão e além de não fazerem nada, quando estão desocupadas, sentindo o vazio do seu eu, tomam logo: um Valium, Tranquil, Tranquilex, Lexotan e tantos outros tranqüilizantes e ou até Soníferos para dormir e esquecer o que tanto a aflige ou afligia. Põe-se a dormir e nada produz ou nada vai produzir durante sua vida que se torna inútil e sem sentido. Sem nada que venha contribuir para a humanidade e nem sequer para si mesmo.
Parece-me que as pessoas produzem melhor sob pressão, más estando dopadas não poderiam raciocinar correto.
Quando não é isso que acontece, é porque estão mais afim de uma caneca de chop bem gelada, imagine o que produziriam ou poderiam produzir esses que assim estão a proceder!?
Podemos observar o procedimento de um homem pobre, negro em um famigerado País racista, (Apartheide), sem cultura, morando em um casebre, sem sanitário, sem conforto, sem Biblioteca e sem um estudo básico, más com uma tremenda força de vontade e como para fazer o bem para a humanidade não se esquivava. Esse senhor semi-analfabeto dava aulas práticas para os alunos de cirurgias cardíacas.
Observamos aqui que não é somente o diploma que faz o Médico. É o dia a dia no Hospital com a “mão na massa”. Acredito seriamente no Médico que está sempre executando operações, indo a congressos, estudando, freqüentando cursos visitando enfermarias, olhando seus pacientes, visitando leitos mesmo que seja de um moribundo, também aprendemos com a morte (o ato de estar cataléptico ou catatônico) e muitas outras atitudes que engrandecem sua profissão e beneficiam a humanidade ainda arranja tempo para atender em seu consultório.
Sabemos que isto é um maravilhoso acontecimento, desconfiamos que o senhor HAMILTON NAKI tivesse um espírito muito evoluído, praticou o bem, não prejudicou, não atrapalhou e só fez o melhor. Más, sabemos que o certo é ter além de muita experiência, muita habilidade estar sempre acompanhado de sua respectiva HABLITAÇÃO o seu Diploma legal, esse é o agir corretamente.
Agora, para que os Médicos do Hoje possam trabalhar bem e terem um resultado correto e esclarecedor, deveria estudar um pouco sobre o que fizeram os Médicos e cientistas do ONTEM, aí procurar dar sua contribuição da melhor maneira possível. A BUSCA POR UMA MÁQUINA QUE AJUDE A MEDICINA
O escocês James Clerk Maxwell (1831-1879), no século XIX, previu a existência e a natureza das ondas eletromagnéticas, que incluem até a luz visível.
Em 1887, o alemão Heinrich Rudolf Hertz (1857-1894), produziu as primeiras ondas eletromagnéticas artificiais (ondas de rádio), usando conselhos de Hermann von Helmholtz (1821-1894). Entre outras coisas, Helmholtz sugeriu que uma radiação eletromagnética de alta freqüência deveria interagir fracamente com a matéria, à semelhança das ondas sonoras num instrumento de cordas. Sugeriu também que estas ondas poderiam ser muito penetrantes. Helmholtz chegou a indicar o instrumento adequado para produzir essas ondas penetrantes: a ampola de Crookes, chamada na época de tubo de Crookes, onde eram gerados os misteriosos raios catódicos. Muitos cientistas na Europa começaram a procurar esse tipo de radiação. Entre eles, o maior especialista em raios catódicos da Alemanha, Philipp Lenard (1862-1947). A dificuldade na época, é que não ocorreria a ninguém um método de detecção que mostrasse se de fato existiam tais radiações. A descoberta Foi de Wilhelm Conrad Röntgen (1845-1923) quem descobriu e batizou os Raios X, além de fazer a primeira radiografia da história. Isto ocorreu quando Röntgen estudava o fenômeno da luminescência produzida por raios catódicos num tubo de Crookes. Este dispositivo, foi envolvido por uma caixa de papelão negro e guardado numa câmara escura. Próximo à caixa, havia um pedaço de papel recoberto de platinocianeto bário. Conrad Röntgen percebeu que, quando fornecia corrente elétrica aos elétrons do tubo, este, emitia uma radiação que velava a chapa fotográfica, intrigado, resolveu intercalar entre o dispositivo e o papel fotográfico, corpos opacos à luz visível. Desta forma obteve provas de que vários materiais opacos à luz diminuíam, mas não eliminavam a emissão desta estranha irradiação induzida pelo raio de luz invisível, então desconhecido. Isto indicava que a energia atravessava facilmente os objetos, e se comportava como a luz visível. Após exaustivas experiências com objetos inanimados, Röntgen resolveu pedir para sua esposa pôr a mão entre o dispositivo e o papel fotográfico. A foto revelou a estrutura óssea interna da mão humana, com todas as suas formações ósseas, foi a primeira chapa de raios X, Conrad Röntgen, Recebeu o Prêmio Nóbel de Física em 1901. Não sabia ele que esse era tambem o primeiro passo ou o “Pontapé” inicial para o desenvolvimento de outros meios de ver o organísmo; como a ressonância Magnética, Ultra Som/doppler, Medicina Nuclear e outras tecnicas de detecção de Imágens por RAIO X, até encontrar o limite. Esse limite só foi encontrado e até ultrapassado quando o Inglês de nome GODFREY HOUNSFIELD e o Americano AFLAN CORRNA em 1979 criáram a toda poderosa TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA que se tornou uma superevolução do RAIO X. O Paciente fica no interior de um grande Anel que gira em torno dele. O Anel emite e capta a radiação de muitos Ângulos diferentes. O Resultado equivale a cerca de 130.000 Radioghrafías. RÁIO X., foi o nome dado pelo cientísta a sua descoberta. TOMOGRAFÍA COMPUTADORIZADA O NOME que GODFREY E AFLAN deram a máquina na inovação. Em 8 de novembro de 1895 havia nascido o até hoje existente, famoso e muito útil, RÁIO X. A Máquina que na época revolucionaria e ajudaria a Medicina em seus diagnósticos de ossos quebrados e ou fissurados, até mesmo com alguma luxação acabava de ser criada. Em busca de aperfeiçoamento, os cientistas foram aprimorando cada vez mais e hoje temos: A Preciosa máquina de GODFREY e AFLAN o ULTRASON/doppler, ULTRA SONOGRAFIA COMPUTADORIZADA, O FORMIDÁVEM APARELHO DE (TC) TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA ANGIOTOMOGRAFIA, ENDOSCOPIA DIGESTIVA E TANTOS OUTROS.
O ONTEM (1895) O HOJE O ATUAL
Características do raio x. Da mão da esposa de Röntgen tendo ao lado uma nova foto tirada com um tomógrafo de última geração e o novo aparelho de Últra Sonografia, bem Moderno.
O dispositivo que gera Raios X é chamado de tubo de Coolidge. Da mesma forma que uma válvula termiônica, este componente é um tubo oco e evacuado, ainda possui um catodo incandescente que gera um fluxo de elétrons de alta energia. Estes são acelerados por uma grande diferença de potencial e atingem ao ânodo ou placa. O ânodo é oco e confeccionado em tungstênio. A razão deste tipo de construção é a geração de calor pelo processo de criação dos raios X. Para não fundir, o dispositivo necessita de resfriamento através da circulação de óleo. Ao ser acelerados, os elétrons ganham energia e são direcionados contra um alvo, ao atingi-lo são bruscamente freados perdendo uma parte da energia adquirida durante a aceleração. O resultado das colisões e da frenagem é a energia transferida dos elétrons para os átomos do elemento alvo. Este se aquece bruscamente, pois em torno de 99% da energia do feixe eletrônico é dissipada nele. A brusca desaceleração de uma carga eletrônica gera a emissão de um pulso de radiação eletromagnética. A este efeito se dá o nome de Bremsstrahlung, que significa radiação de freio.
As formas de colisão do feixe eletrônico no alvo se dão em diferentes níveis energéticos devido às variações das colisões ocorridas. Como existem várias formas possíveis de colisão devida angulação de trajetória, o elétron não chega a perder a totalidade da energia adquirida num único choque, ocorrendo então a geração de um amplo espectro de radiação cuja gama de freqüências é bastante larga, ou com diversos comprimentos de onda. Estes dependem da energia inicial do feixe eletrônico incidente. Este é o motivo pelo qual existe a necessidade de milhares de volts de potencial de aceleração para a produção dos Raios X.

A BELEZA DUVIDOSA

           

    Dirceu Ayres

Desde quando eu era menino, tinha uns amigos que se achavam o máximo a sua maneira de viver, mas era muito lógico, costumavam comentar sobre si mesmo assim: - “Desde pequeno, muito pequeno mesmo, sempre soube que sou um destrambelhado, desmilinguido, esculhambado, escangalhado. Algumas vezes quando me olho no espelho, sinto-me uma obra de arte moderna inacabada ou mal acabada, como um poema surrealista jogado ou espalhado ao vento. Sei que sou acarecado, tenho a cara amassada, tetudo, barrigudo, zambêta, gordo e como se tudo isso não fosse o bastante! Sou desbundado. Um feioso horrível, em poucas palavras. Mas como nem tudo é eterno e a verdade sempre prevalece, vou esperar”. Buscando sempre se aperfeiçoar ou melhorar suas aparências, esse era seu desiderato. Certo dia quase caiu de alegria quando recebeu o comunicado de que foi escolhido o HOMEM MAIS BONITO DO BRASIL, em um concurso realizado com pessoas famosas. De leve... Ah... Disse: “É claro que vocês querem saber quem foram os outros que concorreram comigo não é”? “Pois aí vai a lista: Tiririca, Ronaldinho Gaúcho, Marlene Matos e o Tevez! É ou não é a glória? Pois é”... Aí fiquei Estapafúrdio, completamente excêntrico e meio piradão. Glória é isso?, Agora falta encher a cara de cachaça e sair comemorando ou bebemorando rua afora. Por isso se diz... ”Assim caminha a humanidade”. É, e eu diria: assim caminham os idiotas. Pois, esses caros são desgraçadamente feios e de repente acontece alguma coisa que eu diria ANORMAL e muda tudo na vida de um desses famigerados, destrambelhado como eles mesmos diriam. Temos então de fazer um enorme esforço para sermos tolerantes e conviver com esses desorientados e descerebrados homúnculos. Agora imagine que sendo eu um ser considerado especial, sofrendo do complexo de Estesia, ter de aguentar essa gente desfigurada, que vive “voando” e não consegue cair na realidade, parece que desconhece a verdade ou não a quer conhecer. A verdade é e será sempre única para todos os seres e todas as coisas, é imutável, como fazer para esses Tartamudos pararem de tartamudear atoa. Espero que logo, logo, caiam na real, procurando viver uma vida saudável e sem mentiras por certo vão adquirir mais equilíbrio na vida e o equilíbrio trás saúde e, por conseguinte viverão mais e com mais alegria. Essa seria a verdade tão buscada por todos e conseguida por poucos, a tal da verdade imutável, mas que poucos conhecem. Estando em equilíbrio com o Universo e as leis cósmicas Universais com certeza estarão prontas para viver mais e com muita saúde. Saúde, equilíbrio, força, são as energias do Universo e, por conseguinte, energias nossas, fazemos parte desse Universo enorme também. Estando energizado (equilibrado) não haverá nenhum mal, nem ficará sequer doente. È bom saber que é um irmão das estrelas, faz parte desse todo. Uma energia que nos move e faz por onde nos mantermos vivos.     

Máfia de ex-servidores do governo do PT, ligados à Erenice Guerra, domina "Minha Casa, Minha Vida". 80.000 casas sob suspeita.

             

    Dirceu Ayres

Um esquema de empresas de fachada, parte delas registrada no mesmo endereço e controlada por um grupo de ex-funcionários do Ministério das Cidades, abocanha cada vez mais contratos para construção de casas populares destinadas às faixas mais pobres da população. No centro da história está a RCA Assessoria em Controle de Obras e Serviços, empresa com sede em São Paulo e três sócios: Daniel Vital Nolasco, ex-diretor de Produção Habitacional do Ministério das Cidades até 2008 e filiado ao PCdoB; o ex-garçom do ministério José Iran Alves dos Santos; e Carlos Roberto de Luna. A RCA funciona numa sede modesta, mas apresenta números invejáveis para quem está no setor há tão pouco tempo. Alardeia atuar em 24 estados e mil municípios, e garante que entregou 80 mil casas. Hoje, estaria à frente da construção de 24 mil unidades. O faturamento milionário da RCA virou alvo de disputa judicial, que expõe supostas conexões da empresa com o PCdoB. Até a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra tem o nome citado. A RCA dá consultoria a prefeituras e beneficiários, e atua como correspondente bancário de sete pequenas instituições financeiras autorizadas a repassar verbas federais nos programas de casas populares para cidades com menos de 50 mil habitantes. Atuou no Programa Social de Habitação (PSH) e agora opera no seu sucessor, o Minha Casa. Até aí, tudo dentro da normalidade. Mas a RCA faz mais: consegue ao mesmo tempo ser representante do agente financeiro, tocar construções e também medi-las e fiscalizá-las. Para isso, usa uma rede de empresas que os sócios e os funcionários registraram em seus nomes e cujos endereços ou são na sede da RCA, em São Paulo, ou na casa de parentes. O site da empresa dava o exemplo de como a RCA frauda o processo de seleção de construtoras que vão executar obras financiadas com recursos federais e encomendadas por prefeituras. Para contratar uma construtora responsável pela execução de obras no Espírito Santo, lançou um edital de convocação em dezembro de 2012. O site convocou os interessados e dias depois divulgou os vencedores. Duas foram selecionadas. Uma delas é a JB Lar. Tudo como manda o figurino. Não fosse um detalhe: o endereço da JB Lar é o mesmo da RCA, a Avenida Brigadeiro Luiz Antônio 4.553. A JB Lar foi habilitada para construção de 95 casas no Espírito Santo. Na sexta-feira, após ser procurada pelo GLOBO, a RCA tirou do ar o link “Editais” do seu site. Disputa pelo faturamento da empresa O esquema de empresas de fachada está narrado numa ação na Justiça de São Paulo. Nela, Fernando Lopes Borges — outro ex-servidor do Ministério das Cidades, que seguiu na Secretaria Nacional de Programas Urbanos até ser exonerado por abandono do cargo em 2010 — apresenta-se como sócio oculto da RCA. Ele era representado no negócio pelo irmão Ivo, já falecido. E a disputa pelo faturamento da empresa começou justamente após a morte de Ivo. Num acordo prejudicial, Fernando chegou a receber pouco mais de R$ 1 milhão da RCA. Mas quer mais e briga na Justiça. Na ação, afirma, sem apresentar provas, que o desvio de recursos do Minha Casa Minha Vida teria começado com Erenice Guerra. Ela teria articulado a entrada de bancos privados na operação do programa em pequenos municípios. Segundo o denunciante, teria direito a R$ 200 por casa construída. Fernando sustenta na ação que o negócio chegaria a render R$ 12 milhões. Ele diz que o PCdoB desde 2005 receberia dinheiro desviado para a construção de casas populares do Programa de Subsídio Habitacional (PSH), que foi absorvido pelo Minha Casa Minha Vida. Procurado, Fernando sustentou que a RCA está envolvida em irregularidades nos programas federais do Ministério das Cidades, mas não quis confirmar as denúncias contra Erenice e o PCdoB. No processo, Fernando mostra uma troca de e-mails entre Carlos Luna, da RCA, e o escritório Trajano & Silva, que foi fundado por Erenice. Eles tratam da retirada do sócio Ivo e do valor que deveria ser pago a Fernando. O esquema incluiria a construtora Souza e Lima Engenharia, que pertence ao ex-engenheiro e ao ex-gerente-geral da própria RCA. Essa empresa fez casas no Maranhão para o Minha Casa Minha Vida em contratos geridos pela RCA. Outra empresa de pessoas próximas prestou o mesmo serviço. A Martins MA Engenharia — que hoje pertence ao cunhado de Daniel Vital Nolasco — também construiu casa para a RCA. Na ação, Fernando reclama a sociedade nas empresas de assessoria cadastral Artifício, Setorial, Sigma e Marketplan. Todas seriam do grupo RCA. As três primeiras têm Nolasco como sócio. José Iran é um dos donos da última. O grupo tem participação em outras empresas. Carlos Luna e José Iran são donos da Superdata. Luna é um dos sócios da LL Engenharia. Fernando relata no processo que há contratos com a DJC/Naza Engenharia, que seria responsável pela construção de oito mil casas. Essa empresa seria de Divaildo, irmão de Celma Casado Silva. Ela foi exonerada em fevereiro deste ano da Secretaria de Habitação do Ministério das Cidades. Segundo o órgão, ela foi exonerada a pedido. ( O GLOBO)          

sábado, 13 de abril de 2013

VISITA A UM MÉDICO

      

   Dirceu Ayres

Como uma catapora selvagem que se espalha por todos e assusta muito por ser a que espalha mais e em lugares diferentes como consultórios médicos pequenos lugares de atendimento Hospitalar posto de saúde e afins. E esse procedimento médico que estamos vendo é aí que precisamos ter muito cuidado com o médico que está lhe atendendo. Observe que atualmente o “INFELIZ” clica seu nome no computador pergunta o que você tem lhe encaminha para o colega dizendo que o tal colega é que é o especialista, nesses casos e para ajudar ele lhe da um remédio de amostra grátis que com certeza não trará nenhum benefício. Escrevendo sobre médicos e seus procedimentos observamos que em sua maioria eles não usam mais o estetoscópio, não costuma também medir a pressão arterial do paciente, às vezes nem tem o estetoscópio ferramenta necessária que com ele atuante não só para medir as batidas cardíacas como observar o ritmo da respiração para isso, mandar colocar a língua para fora e examinar se está saburroso, usar um oxímetro pelo menos para ver como anda a saturação enfim fazer um exame completo no paciente e não deixa-lo com cara de bobo sem saber o que o médico fez ou pretendia fazer em você como paciente. Alguns anos atrás eram diferentes. Você relatava os sintomas, o médico fazia as perguntas clássicas para tentar identificá-los no quadro de doenças, auscultava seu coração, seus pulmões, depois o deitava numa maca e apalpava seu abdômen numa exploração minuciosa de algum órgão dolorido, sentia o calor e a cor de sua pele e dava algumas pancadinhas com os dedos juntos para sentir o som ou o eco do seu corpo. Fazia o exame completo que hoje se chama de Anamnese. (diabos, isso toma tempo) Conheci um Médico que espalmava a mão sobre seu estômago e fígado e tamborilava sobre seu corpo com o dedo médio procurando algum som estranho ou indicativo de doença. Mesmo que você tivesse ido lá apenas para tratar de uma unha encravada. Hoje em dia estou me sentindo completamente “esmerdado” o médico nem olha para mim diz que o bom para essa doença que tenho (ele não examinou!!! é mesmo o especialista que ele indicou. Quase que eu disse a ele que o médico que ele estava indicando já era Décimo especialista que me indicavam. Fui a eles todos E todos agiam iguais a ele que se apresentava como sem interesse. Acredita que estão somente interessados no recebimento do dinheiro da Unimed, que vergonha. Com o pequeno pagamento que a UNIME faz como são muitos eles já constroem Hospitais, Laboratórios e afins, alguns economizam e montam consultórios em parcerias com alguns outros. Estudar e procurar entender melhor o corpo humano... Isso não tem tempo, não vai continuar com essa mão de obra que pra eles é inútil ele vai continuar enganando a humanidade. Pior é que uns desgraçados médicos estão prontos para defender os parceiros em qualquer situação e tudo caminhará do mesmo jeito.         

O MENOR ASSASSINO

           
    Dirceu Ayres

HÁ UM VERDADEIRO APARATO LEGAL QUE APONTA, ENTÃO, UMA ARMA CONTRA A NOSSA CABEÇA E GARANTE A IMPUNIDADE AO BANDIDO No fim das contas, há mais organizações empenhadas em garantir os direitos de quem viola a lei do que daqueles que têm seus direitos violados. Quantas vezes vocês viram ONGs especializadas em direitos humanos falar em nome das garantias de que dispõem os homens comuns? A Inglaterra pode julgar assassinos a partir dos 10 anos. Se condenados, dada à idade, a pena fica a cargo da Justiça. É um bom modelo. Por alguma razão, os que acabam nos especializando nesses tais “direitos humanos” parecem fatalmente atraídos pelos direitos de desumanos ou, sei lá, de inumanos. Vigarice intelectual e moral A vigarice intelectual e moral no Brasil decidiu fazer um pacto com o crime ao estabelecer a inimputabilidade penal aos menores de 18 anos. É como declarar um “pratique-se o crime” para os bandidos abaixo dessa idade. E também pode apontar uma arma para a nossa cabeça na certeza de que nada Tem de mudar É evidente que esse absurdo tem de acabar. O Brasil integra um grupo reduzido de países em que a maioridade penal se dá apenas aos 18 anos. O facínora que matou apontou contra a sua cabeça, conforme observei aqui num de 14 de junho de 2012, mais do que um revólver. Ele estava armado também com o Artigo 121 do ECA e com os artigos 27 do Código Penal e 228 da Constituição, que garantem a inimputabilidade penal aos menores de 18 anos. Vai lhe acontecer. Caso mate e seja preso, logo estará de volta às ruas para matar outra vez. Eu que miséria, que leis nos fazemos e nem sei se é para ajudar a algum facínora a mandar bala em quem lnteressar a ele facínora. Nós somos uma espécie de carne moída para o bel prazer do meliante e as autoridades nada fazem, pois parece que a eles interessa que seja assim o que podemos fazer nesse terrorismo será que posso dizer infantil ou bastardo. Se não tem de dezoito anos vamos sair só para matar, vamos sentir a sensação de abrir buracos de bala nos corpos desses infelizes. Eles sabem que aquela lei que tirou dos homens de bem o direito de andar armado já era e quando um bandido chega perto de um homem ou mulher (pode ser grávida) ele sabe que ela ou ele está sesarmado aí é só apontar a máquina de fazer cadáver puxar o gatilho e booo, mais uma vítima vai para outro mundo. Satisfeito vai para casa e se for preso com poucos dias estará novamente na rua para matar outra vez, roubar e barbarizar, isso sim é o nosso Brasil     

Ex presidente Lula vira investigado pela PF no crime do mensalão.

                

         Dirceu Ayres

Na minha opinião, as investigações da polícia Federal em cima do EX presidente Defuntus Trampolineirus, não passam de um jogo de cartas marcadas.Todo Brasuca que tenha dois neurônios em bom estado sabe que a PF é subordinada ao Ministro da Justiça. E todo Brasuca que tenha UM neurônio intacto sabe que o Sinistro da Justiça, Eduasno Cardozo, é baba ovo, puxa saco, bate pau e"amigo de infância" do EX presidente Sebentus. Quem em sã consciência pode acreditar que as investigações sejam levadas à sério? E por um aborto da natureza, se forem sérias, as investigações irão dar em porra nenhuma. É tudo muito óbvio, eles estão jogando esta conversa de investigar o Sebento para a população para mostrar uma trânsparência que não existe nestes DESgovernos. E acima de tudo, o EX presidente aceitou ser "investigado" sem fazer muita presepada porque sabe que tudo será de faz de conta e sua absolvição e sua inocência são liquidas e certas. Não dá para falar em investigação séria quando o chefe encarregado da polícia que vai atrás do bandidão, é amigão do meliante. No mínimo conflitos de interesse, sem contar a safadeza habitual e trampolinagem corrupta que faz parte do DNA de TODO PTralha. Este governo não tem autoridade moral para investigar o Sebentão. E a PF já é a Guarda Pretoriana da presidência da república.Uma investigação séria com resultados eficientes será feita um dia, quando as Ratazanas Vermelhas deixarem o poder, por enquanto TUDO o que fizerem a respeito do mensalão, inclusive essa investigação de araque pra cima do Sebento, não passa de jogada para livrar a cara do EX presidente oficialmente. E em uma próxima eleição, os seus opositores não terão munição para bombardea-lo pelo crime no qual seus amigos investigaram e o inocentaram. Esta investigação, nada mais é do que uma manobra safada para dar credibilidade e "ficha limpa" para o bebê de Rosemary. Mutreta das brabas, isso sim!!! E PHOD@-SE!!!

terça-feira, 9 de abril de 2013

SUA AUTOESTIMA




     Dirceu Ayres

Colocar prótese de silicone em alguma parte do corpo é o que tem feito muitas pessoas quer seja do sexo feminino ou masculino levando em conta que se sintam mais felizes, não vejo porque a admiração ou a censura por parte de algumas pessoas. Silicone é apenas um caso particular de um tema muito mais polêmico que é a vaidade. Há quem endeuse, idolatre, venere a vaidade e todas as suas técnicas cirúrgicas; há quem ache a vaidade uma bobagem e há aqueles que ficam em cima do muro, renomeando vaidade como saúde. A vaidade é humana, mas é vista como um defeito, uma fragilidade, uma insegurança. E como até a menor vaidade logo vira um monstro megalomaníaco não é muito bom nutri-la. A menos que a pessoa queira ter um ego gigantesco e poderoso para seduzir a todos no mercado do corpo. Fato é que, juntando a vaidade com o machismo, o resultado é meio estanho. E aí, os homens que colocam silicone colhem os resultados em forma de ataques e gaiatice de algum moleque de rua. Todo mundo sabe que preconceito não é legal. Não podemos achar graça num advogado que colocou silicone nas nádegas e explica com a frase de uma música do Caetano, "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é". Notícia do (G1). Devemos ter é respeito. Em última instância o corpo de cada um é assunto pessoal e intransferível, de foro íntimo e pronto. Quem quiser botar silicone na orelha, nos seios, nas nádegas, no nariz, na glande ou no prepúcio... Que bote, que tire ninguém tem nada com isso. Mas assim como o uso de próteses é permitido por lei também a nossa opinião é livre. Se não ofender, se não constituir crime, qualquer um pode emitir opinião sobre implante de silicone onde quer que seja. Posso ter minha opinião sobre implante de silicone nas nádegas ou nos peitos dos homens, não pega nada. Embora muita gente só procure um Médico para colocar Silicone porque tem vontade de aparecer e o desejo de fazer sucesso, substitui tudo que considerava “antigo”. O que também não é nenhum crime. E se a pessoa quer ser bonita gostosa e provocar o desejo de todo mundo só por vaidade, só pra fazer sucesso, não é da conta de ninguém. É bom de verdade quando a pessoa assume. Mas se não assumir também, não faz diferença. Fato é que as pessoas mais fracas, de espírito, menos originais, mais influenciáveis, entram facilmente no jogo do mercado da sedução e fazem coisas malucas apenas para entrar na “onda”, poderíamos considerá-las como vítimas de um mercado às vezes até cruel. O mercado tem muito a ver com isso, o mercado é feito para vender seus plásticos, suas invenções ou invenções das indústrias, por vezes chega a ser cruel sim, mas vive disso. É preciso lembrar que existe cirurgias reparadoras que alguém após sofrer um acidente, ficou com seu corpo ou parte dele deformado ou dilacerado. Isso com certeza se fazem necessário uma cirurgia reparadora, nada tendo a ver com vaidade. Deixa pra lá.          


Em vídeos, Marco Feliciano diz que Deus matou John Lennon e Mamonas Assassinas por castigo.


     Dirceu Ayres

Pastor e deputado federal do PSC, Marco Feliciano Em um vídeo que está circulando pela internet, o deputado, pastor, e agora presidente da Comissão dos Direitos Humanos, Marco Feliciano explica a morte do ex-Beatle, John Lennon. O político alega que o assassinato do músico, ocorrido em 1980, foi uma espécie de castigo divino, já que, em uma ocasião, Lennon disse que sua banda era mais famosa que Jesus Cristo. Durante a pregação em seu programa de TV, Feliciano diz: "John Lennon chegou uma dia diante das câmeras, bateu no peito e disse: 'os Beatles são mais populares do que Jesus Cristo'. Jesus não era popstar como ele, mas sim o mestre de uma grande religião. John Lennon estava olhando pras câmeras, dizendo 'Nós Beatles somos uma nova religião'. A minha Bíblia diz que Deus não recebe esse tipo de afronta e fica impune. Passou algum tempo depois dessa declaração, está ele entrando em seu apartamento, quando ele abre a porta e escuta alguém chamar ele pelo nome, ele vira e é alvejado com três tiros no peito. Eu queria estar lá no dia que descobriram o corpo dele. Ia tirar o pano de cima e dizer, 'Me perdoe, John, mas esse primeiro tiro é em nome do Pai, esse é em nome do Filho, e esse é em nome do Espírito Santo'. Ninguém afronta Deus e sobrevive para debochar". Assista ao vídeo: Mas as teorias do deputado não param por aí. Sobra também para a banda Mamonas Assassinas, cujos cinco integrantes morreram em um acidente de avião em março de 1996. Durante o mesmo culto, Feliciano afirma saber o motivo da morte dos músicos: “1,5 milhão de cópias vendidas. Alvo: crianças. Tocou na santidade de Deus, porque as crianças são a santidade de Deus. Jesus disse que para entrar no céu tem que ser como elas. A bíblia diz: da boca das crianças sai louvor. E as crianças estavam falando o quê? Palavrões. Pior! Quem era o Dinho? Era da igreja Assembleia de Deus em Guarulhos. Vendeu a comunhão dele (...). Se vendeu ao Diabo pelo vil dinheiro! Dizem por aí, que todo homem tem seu preço. Nós temos que se diferentes. Nosso preço já foi pago na cruz do calvário. O piloto do avião deles era meu vizinho lá na minha cidade. Jorge Luís, o camarada conhecia tudo de pilotagem. A esposa dele estudou com a minha esposa. Conhecia de tudo sobre pilotagem de avião, e até hoje há uma interrogação sobre o que aconteceu ali. Para os homens, pois eu sei o que aconteceu ali. O avião estava no céu, região do ministro do juízo de Deus, lá na serra da Cantareira. Ao invés de virar para um lado, o manche tocou para o outro. O anjo pôs o dedo no manche, e Deus fulminou aqueles que tentaram colocar palavras torpes na boca das nossas crianças". Assista: O deputado e pastor vem causando polêmica com declarações tidas como racistas e homofóbicas.
Apesar dos protestos da população, ele continua a presidir a comissão dos Direitos Humanos, cargo que assumiu em março deste ano.

O EX presidente Lulla vai ser investigado pela PF por corrupção.

           

     Dirceu Ayres

Bem amigos, a notícia é esta, mas o que preocupa é o fato de ser a Guarda Pretoriana da PresidANTA Dilmarionett Ducheff, a encarregada desta investigação. O mundo sabe que o EX presidente Defuntus Trambiqueirus, é o chefe da quadrilha do Mensalão. Mesmo atuando como iminência parda neste golpe, ou sendo poupado pelos heróicos martires PTralhas. Tudo em nome do projeto PTista de perpetuação no poder para roubarem o mais que puderem. O que preocupa nestas investigações é o fato de que no ninho das Ratazanas Vermelhas, e na imprensa amestrada, já dizem que a investigação vai ser boa para o EX presidente. Tipo assim, cantando vitória antes do jogo começar. Algo como uma certeza de que o EX presidente sairá de cú lambido desse crime. Se os PTralhas condenados pelo mensalão já estivessem amargando uma cana básica, talvez a história seria outra, mas com a leniência da justiça e a falta de punições no país, a PTralhada já festeja a investigação como algo positivo. Essa investigação cheira a trampolinagem. Estas declarações deixam nas entrelinhas que irão investigar o Sebento, mas, não muito, farão de conta que investigam, depois de alguns meses encerram o inquérito e inocentam o Sebentão, tornando-o um injustiçado pela imprensa independente dazelites dos óio azur. E em 2014 ele volta livre, leve, solto e de ficha limpa. Genial. Mas...e as investigações sobre Rose medonha, a amante e primeira dama extra oficial da Pocilga?
Já abafaram e esperam outro escândalo para que o povão esqueça da Medonha. Sinceramente, no Brasil, nada é feito com seriedade. Tudo que é feito aqui tem sempre uma agenda política como pano de fundo.E PHOD@-SE!!! (MASCATE)     

sábado, 6 de abril de 2013

Ministro admite que corintianos presos ilegalmente na Bolívia correm o risco de morrer; o silêncio do governo petista é escandaloso! Cadê o Lula para falar com o seu “querido Evo”?



  Dirceu Ayres

Lula é amigão de Evo. Já exibiu um colar de folha de coca numa solenidade naquele país. A substância que sai dessas folhas responde pela morte de milhares de brasileiros ano após ano. Mas os petistas seguem Chico Buarque e falam fino com La Paz. Só aceitam desaforo de país pobre… O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Pariota, admitiu em audiência no Senado, nesta quinta, que os 12 torcedores do Corinthians presos na Bolívia, na cidade de Oruro, correm o risco de morrer. Os brasileiros estão encarcerados há 42 dias. Naquele país, a prisão preventiva pode se estender por até três anos… É um escândalo o que está em curso. O autor do disparo do sinalizador que matou um jovem torcedor naquele país já foi identificado. Não existem provas contra os 12 detidos. Pior: o governo de Evo Morales está tentando usar os torcedores como moeda de troca, inconformado com o fato de o senador oposicionista Roger Pinto Molina estar refugiado na embaixada brasileira, em La Paz desde maio de 2012. Evo quer que a embaixada brasileira se comporte como polícia política do seu regime. Estamos diante de uma óbvia arbitrariedade. Evo faz gato e sapato do Brasil: toma refinaria, cria campo de cultivo de coca na fronteira com o país, legaliza carros roubados, faz chantagem com o gasoduto… Mas sabem como é… O “companheiro Evo” é um bolivariano “pogreçista”, amigo de Lula, e o Itamaraty segue a máxima recomendada por Chico Jabuti Buarque: falar fino com La Paz e grosso com Washington. Houvesse 12 brasileiros presos em situação irregular nos EUA, já teríamos ouvido uma gritaria anti-imperialista. É uma vergonha. Quem não se lembra da gritaria promovida por aqui quando uma brasileira que morava na Suíça disse ter sido vítima de neonazistas, que lhe teriam ferido o corpo com um objeto cortante? Este blogueiro foi o único da imprensa a escrever: “a história é suspeita”! Pois é. Era tudo mentira! Autoridades e imprensa, no entanto, trataram a questão em clima de “pátria ofendida”. Havia algo assim: “Quem o Primeiro Mundo pensa que é?” Os nossos esquerdistas começaram a fazer digressões sobre o avanço a extrema direita na Europa. Autoridades do governo Lula exigiam um pedido formal de desculpas do governo suíço… O Brasil não aceita que país rico maltrate brasileiros. Só aceitamos desaforo e ilegalidade de país pobre. Foi o Chico Buarque que mandou. Lula tentou negociar até um acordo nuclear internacional com o Irã. Já apresentou uma “solução” para o conflito israelo-palestino, se ofereceu para dar uma resposta à crise econômica europeia e chegou mesmo a especular sobre as vantagens de a Terra ser quadrada em vez de redonda. Poderia ir lá bater um papo com o seu “querido” (como ele o chama) Evo Morales. Até um colar de folha de coca ele já exibiu em público. Como se diz, ademais, corintiano, que tente libertar os brasileiros da prisão ilegal. É claro quer será uma solução extra-institucional. Mas também a prisão dos 12 não obedece a lei nenhuma. Ao menos se preservam as vidas de brasileiros. Segue texto de Laryssa Borges, na VEJA.com, sobre a audiência.O ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, indicou nesta quinta-feira, durante audiência no Senado, acreditar na inocência dos doze torcedores do Corinthians presos desde o dia 20 de fevereiro na Bolívia e afirmou que “não há afrouxamento” do Itamaraty nas negociações para acelerar o desfecho do caso. Os brasileiros foram indiciados por participação na morte do garoto Kevin Espada, de 14 anos, durante uma partida da Copa Libertadores da América. “A firmeza do governo brasileiro é a mais completa. Não há afrouxamento, o que pode haver é uma certa reserva em compartilhar publicamente, porque isso em nada contribuiria para proteger os brasileiros ou para acelerar o desenlace que todos nós desejamos”, disse o chanceler à Comissão de Relações Exteriores do Senado. “Uma vez comprovada a inocência, que acreditamos que pode ser o desenlace, esperamos a liberação o mais breve possível dos nossos concidadãos.” Patriota se reuniu no início do mês de março com o presidente boliviano Evo Morales para discutir o caso envolvendo os brasileiros presos no país vizinho. Nesta quarta, o presidente do Corinthians, Mário Gobbi, desembarcou em Brasília para negociar com representantes do governo a libertação ou pelo menos a prisão domiciliar dos acusados. Os torcedores estão encarcerados há 42 dias em prisão preventiva, que, segundo as leis bolivianas, pode se estender por até três anos. Nos bastidores, interlocutores que acompanham as negociações sobre a libertação dos corintianos dizem que o Brasil não pode atacar publicamente o sistema judicial boliviano. Uma sinalização nesse sentido poderia ampliar o mal estar causado pela morte do menino Kevin Espada, além de ser interpretada como uma ingerência do governo brasileiro na gestão de Evo Morales. “Transmiti [ao presidente Evo Morales] com muita firmeza o propósito e a intenção do governo brasileiro de exigir tratamento digno e respeito aos nossos compatriotas e encaminhamento judicial mais célere”, disse nesta quinta-feira o ministro.Viés político Autoridades e parlamentares que acompanham a situação dos corintianos avaliam que o governo de Evo Morales tem promovido uma retaliação a Brasília por causa do asilo ofertado pela embaixada do Brasil em La Paz ao senador oposicionista Roger Pinto Molina. Molina está na embaixada do Brasil desde maio de 2012 após alegar ser perseguido pelo governo boliviano. “[Defendo um] Certo cuidado em não associar a situação do senador ao qual foi concedido asilo ao [episódios dos] detentos. Considero que é desejável continuarmos a tratar os assuntos por canais separados, ainda que se possam comunicar de alguma maneira”, disse o ministro Antonio Patriota nesta quinta no Senado. Para o chanceler brasileiro, no entanto, a situação de impasse envolvendo o senador Pinto Molina não será tratada como uma “moeda de troca” para a liberdade dos corintianos. “Nenhum cidadão brasileiro pode ser moeda de troca de coisa alguma. Temos todo interesse de manter os canais separados”, afirmou. “Não ganharemos nada em termos de equacionamento desse assunto aproximando os debates entre os dois temas.”   Por Reinaldo
Azevedo  

A ESTUPIDEZ HUMANA

             

     Dirceu Ayres

Acredito que o povo Brasileiro levará ainda muito tempo para entender a falta não somente de honestidade, como a falta de comprimento das promessas das campanhas dos políticos sem o mínimo de caráter ou dignidade. A cada ano repete-se o ritual da crendice. Enquanto o povo acreditar nas histórias que os políticos contam sobre a ajuda que vão dar quando eleitos, está condenado, realmente, a carregar eternamente uma cruz. É o gozo sob o flagelo. Isto é uma doença mental que chega às raias do sadomasoquismo. É por essas e outras que se confirma a máxima: “a única coisa para a qual o cérebro humano não encontra limite é para a estupidez”.  Carregar a cruz nos ombros, principalmente dos Nordestinos já é tão normal que não causa espanto. Vive e viverão mais alguns anos acreditando nos políticos e aceitando a situação, não sei se digo que miséria ou que desgraça, mas é essa vida que o Nordestino tem para viver e se consolar. Quando acabaria essa desgraçada procissão de miseráveis?, Quando deixariam de carregar essa cruz?. Honestamente posso responder que enquanto Políticos pensarem em aumentar seu patrimônio particular e de sua família não pensando em sua terra, sua cidade, seu estado ou mesmo em seu País, nem sequer nos eleitores que o elegeram...Continuarão carregando a cruz. Essa famigerada estupidez humana fez morada dentro da cabeça dos Nordestinos, que se acostumou a ser “vidraça,” Por uma questão de pobreza ainda não apreenderam a ser “estilingue”. Se observarem, os Nordestinos são um povo bonito e sem as características Lombrosianas nem sequer por atavismo. Mas só arranjam trabalho de peão, quase escravo, quando não é escravo mesmo.Pois a ele falta escola e condições para estudar melhorar a situação e até aprender uma profissão. Por conseguinte ficam sem capacidade de exercer um emprego ou serviço melhor ou especializado. Até no exercito serão no máximo cabo, as escolas de oficiais são no Rio de Janeiro, que desgraça!!!.       



ESTOU MUITO PERDIDO




    Dirceu Ayres

Estou tão perdido que nem sei se posso me considerar normal. Parte desse meu saber, ao certo, o que isto significa. Vejo tantos normais dizendo e fazendo tantas confusões e provocada exatamente pelo fato de me considerar normal sem besteiras com tanta certeza – acho que estou parodiando Fernando Pessoa que nem mais ao certo sei o que sou. Estou sentindo saudades do tempo do primário, em que eu era magro, loiro, de olhos verdes e sem sarda, era motivo de gozação dos colegas, pois tinha problema com um saldo de paralisia infantil. Não tinha como reagir. Se eu fosse mulher teria, ainda, direito a cota especial nas eleições... Bastaria me inscrever em um partido e pleitear inscrição como candidato com base nos 20% criados para elas. Estou desconversando. Sou homem e não há uma Delegacia especial que me atenda, ou melhor; que atenda nenhum homem em caso de uma agressão feminina. Ainda bem que nunca apanhei de nenhuma mulher Também perdi o gosto para ler sobre política e as cotas da reserva. Se eu fosse negro teria, também minha cota, se tudo desse certo, talvez alguma vantagem para ingresso na faculdade. O Ministério da Educação parece que vai impor cotas para ingresso de negros e índios nas faculdades mesmo que eles não se classifiquem tão bem quanto um branco. Não existe discriminação contra essa gente. Bem, do alto dos meus setenta anos orgulhosos e bem vividos, já não estou catando nem mulheres, nem vagas nas faculdades, seja lá para que qualidade de curso for. Na verdade o que mais me apetece no momento é terminar meus dias de vida (se me resta algum) lendo, escrevendo meus rabiscos, fazendo versos que tenho a coragem de chamar de Poema e até de Literatura de cordel. Agora imaginem se eu fosse da verdade um escritor habilidoso ou um Poeta, seria assim:

Quem me dera que eu fosse um poeta
Que dons perolados se aflorasse
Com forma, forte, fina eu ficasse,
Perfeitamente forte e com estética.
Seria como se em mim germinasse
Orquídeas fechadas, herméticas.
Criaria Poesias não patéticas,
Versos que com amor eu dominasse.

Que verso que eu fizesse fosse lindo
E que a posteridade que o herdasse
Decorasse, amassasse e recitasse!
De um modo sutil e nunca findo.
Que grandes Vates quando lessem
De pronto, logo os decorassem!
Não importa o tempo que levassem
Importante que jamais os esquecessem.

CIENTISTAS BUSCAM NOVO MODELO PARA DOENÇA MENTAIS.

  

   Dirceu Ayres

Objetivo é entender melhor os mecanismos genéticos e biológicos dos transtornos para tornar a terapia mais eficaz e personalizada A mesma revolução que vem acontecendo na oncologia, apoiada na genômica e no conhecimento da biologia do câncer, precisa acontecer agora na psiquiatria. O diagnóstico e o tratamento de doenças mentais - como bipolaridade, depressão maior, déficit de atenção (TDAH) e esquizofrenia - precisam se tornar mais personalizados, adaptados às características genéticas, biológicas e comportamentais de cada paciente. Veja também: Mesmo com limitações, terapias são essenciais É o que afirma o médico Bruce Cuthbert, do Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos (NIMH), e outros pesquisadores que participaram do Y-Mind, um encontro de especialistas sobre o tema realizado na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na semana passada. Eles defendem mudanças significativas na maneira de se lidar com as doenças psiquiátricas, tanto no âmbito da ciência quanto da medicina. A principal limitação atual, segundo Cuthbert, é que os sistemas de diagnóstico são baseados na observação de sintomas, que só se manifestam quando a pessoa já está doente e que fornecem informações limitadas - e frequentemente confusas - sobre o que está acontecendo no cérebro do paciente. Ou seja, sobre as causas do problema. "Se quisermos falar em prevenção, se quisermos falar em cura, precisamos entender muito melhor os mecanismos da doença, para que possamos tratar a patologia em si, e não apenas os seus sintomas", diz o cientista americano, que dirige a Divisão de Pesquisa Translacional e Desenvolvimento de Terapias para Adultos do NIMH. Em primeiro lugar, segundo os pesquisadores, é preciso rever a maneira como as doenças psiquiátricas são classificadas. A ideia seria passar de um modelo compartimentado, mais parecido com um gaveteiro, em que cada transtorno é descrito separadamente do outro, para um modelo mais parecido com o de uma árvore evolutiva (ou até de uma floresta), cheia de ramificações, em que cada galho representa uma combinação individual de fatores genéticos, ambientais e comportamentais. Hoje, pelo modelo compartimentado, pacientes com sintomas parecidos são diagnosticados como tendo a mesma doença - esquizofrenia, por exemplo - o que não é necessariamente verdade. Assim como duas mulheres com câncer de mama podem ter doenças bastante diferentes, envolvendo tipos de células, genes e mutações distintas, duas pessoas com sintomas semelhantes de esquizofrenia podem sofrer de transtornos diferentes, envolvendo células, moléculas, genes e circuitos neuronais distintos, que exigem tratamentos igualmente diferenciados. Por isso é comum uma droga funcionar para um paciente, porém ser inócua para outro. Da mesma forma, é possível que dois casos classificados como transtornos distintos tenham raízes genéticas comuns, envolvendo um mesmo circuito neuronal, permitindo que eles sejam tratados de forma semelhante. Há uma grande área cinzenta entre a bipolaridade e a esquizofrenia, por exemplo - razão pela qual há gêmeos idênticos que manifestam transtornos diferentes, apesar de terem o mesmo genoma. Paradigmas. Um grande estudo publicado há cerca de um mês na revista médica Lancet revelou que há várias semelhanças genéticas entre cinco doenças mentais de grande prevalência na população: autismo, déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), bipolaridade, depressão maior e esquizofrenia. "Essas doenças não existem isoladamente como pensamos nelas atualmente. O que existem são modelos teóricos que foram desenvolvidos para organizar as pesquisas", diz o pesquisador Jair Mari, coordenador do Programa de Pós-graduação do Departamento de Psiquiatria da Unifesp. "Esse modelo foi importante para chegar onde estamos hoje, mas ele já se esgotou. Precisamos de um novo paradigma." Para Cuthbert, falar que alguém tem esquizofrenia hoje é o mesmo que dizer que alguém tinha câncer 30 anos atrás: "Não nos diz nada sobre as características da doença ou como ela deve ser tratada". O ideal seria que os diagnósticos como já ocorrem na oncologia, fossem baseados em uma descrição dos fatores genéticos, biológicos e químicos que estão alterados no cérebro de cada paciente - e que o tratamento fosse definido com base nessas características individuais. "Não precisamos encaixar o paciente numa doença específica; precisamos caracterizar a doença do paciente", afirma Mari. Nessa "psiquiatria personalizada" do futuro, a entrevista com o psiquiatra seria apenas parte de um processo de análise clínica, envolvendo uma série de testes de referência, desde exames de sangue (para medir o nível de certas proteínas) até exames de DNA (para identificar perfis genéticos), ressonâncias magnéticas e testes cognitivos. "Os sintomas devem ser o ponto de partida para o diagnóstico, não o seu fator determinante", afirma Cuthbert. Para colocar esse novo paradigma em prática, serão necessários ainda muitos anos de pesquisa sobre a genética e a neurobiologia das doenças mentais, e sobre como esses fatores biológicos interagem com fatores ambientais e comportamentais do paciente (como uso de drogas, estresse ou exposição a eventos traumáticos). "Estamos falando do início de um grande experimento. Os resultados vão levar anos para aparecer, mas não podemos perder tempo; precisamos começar agora", pondera Cuthbert, que coordena desde 2009 um programa do NIMH chamado RDoC, com o objetivo de financiar pesquisas voltadas para esse tema. HERTON ESCOBAR - O Estado de S.Paulo         



Bolsa-vida? Por que não?



                 


   Dirceu Ayres

Esta na moda. (moda só do Brasil), Hoje em dia existem bolsas para todos os tipos e gostos. Desde a Louis Vuitton, as famosas marcas da Boutique Daslu, também têm marcas da Boutique Daspú para os mais abastados e para os não tão abastados, agora o bolsa-esmola, aos mais 'prejudicados'. Bolsa- gás, bolsa-ecologicamente-correta, bolsa disso, bolsa daquilo. É uma febre. O Governo do Rio está entrando na moda e lançou a sua própria grife: Bolsa para o Pivete. Segundo a assessoria de imprensa do governador Juninho, problema de menores desajustados é (essa é grande novidade) basicamente familiar. Então, porque não dar uma grana para ver se os pais e mães desses lares não enchem mais ainda a cara de cachaça, dormem, acordam para fazer passeatas junto com os sem terras, sem teto, sem tudo fazem mais e mais meninos e param de pegar no pé do pobre menor infrator?. Vamos e venhamos. Esses menores infratores precisam de mais um tempinho para matar, um pouquinho mais para roubar, um pouquinho mais também para o tráfico. Então à coisa fica assim: o pivete rouba, mata, trafica, consome droga de todo tipo e a família ganha uma indenização pelo fato. Nada mais justo, uma vez que hoje o politicamente correto é ser defensor demagógico das minorias oprimidas e deprimidas, pois é triste ser coitadinho por causa da síndrome de abstinência. Eu se fosse carioca, faria um protesto. Quero um bolsa-vida. A cada bala perdida que mata alguém, a população receberia um desconto no imposto de renda, ou no IPTU, levando-se em consideração as proporcionalidades, tais como idade do assassinado, a idade do assassino (porque não), a perda de vida produtiva, dor e pesar das famílias atingidas (com valores expressos em orações, dinheiro, missas, etc.)... Afinal, o menor infrator pode pegar cadeia e a família, como fica? Você, amiguinho que mora no Rio de Janeiro, estará financiando essa bandalheira toda, não é?. Juninho, Juninho... Que tal um bolsa-vergonha-na-cara?. Essa tal bolsa se bem colocada ajudaria a muitos personagens, principalmente da Política aqui no Brasil. Pois essa tal de vergonha na cara está sendo um, bicho completamente desconhecido, que coisa!. Agora imaginem se alguém tem a formidável ideia de criar uma bolsa para se ter raparigas... Que bolsa!!!Com certeza eu iria tentar cadastrar o meu nome afinal todos precisariam de uma bolsa Rapariga. Que felicidade. Aviso aos puritanos: Não podem reclamar, pois todos sabem que existem as Raparigas e todas essas bolsas e até vales, como seja: Vale refeição, vale transporte, vele gás, etc., Então não temos muito do que reclamar com relação às tais bolsas. (e as Raparigas) que Ainda funciona melhor do que os mensaleiros e as Sanguessugas porque esses quando metem a mão é para lascar a tábua do meio, tira tudo que pode e se esquece de que tirou. As bolsas disso e bolsa daquilo pelo menos sabem para onde devem ir, não sei se chegam por lá, mas com certeza elas saem do tesouro da Nação e “viajam”. Aonde elas irão, Deus sabe, embora chegasse a ajudar algumas famílias mais pobres esporadicamente, aquelas que costumam dizer que são famílias que estão abaixo ou debaixo da linha da pobreza, estão na miséria, são pedintes etc. antes que venham, a morrer.